Resenha Creme Nivea

nivea creme

Olá amores, tudo bem com vocês? Espero que sim 🙂

O produto que vou resenhar hoje já é um velho conhecido de várias gerações de mulheres: o creme Nivea.

Particularmente tenho bastante afeto pelo produto porque lembro que era o creme predileto da minha avó materna. Quando morei na Itália também vi a bendita latinha azul na penteadeira da minha tia bisavó. Resumindo: é um produtinho que passou de geração para geração na minha família.

Um grande amigo (alô, alô Pablo!) me enviou uma edição especial de presente. A versão que recebi veio do Japão e tem uma ilustração natalina na tampa. É a coisa mais L.I.N.D.A deste mundo. Juro que foi um dos melhores presentes que recebi durante a minha vida. Obrigada Pablo <3

Mas vocês devem estar se perguntando: afinal para que serve o creme Nivea? Ele é bem denso e não espalha com tanta facilidade, particularmente não recomendo o uso na região do rosto.

É um produto que garante alta hidratação na pele, portanto recomendo seu uso em áreas mais ressecadas do corpo como cotovelos, joelhos e mãos. Dá para notar que ele forma uma película sobre a pele e que demora um pouquinho para todo o creme ser absorvido.

Mesmo sendo um creme bem hidratante recomendo para pessoas com peles um pouco mais oleosas. Lembre-se de que ele não foi desenvolvido para o rosto, apenas para o corpo.

Gosto bastante de usá-lo em dias mais frios e em épocas que a pele está um pouco mais sensível. Ele funciona bem como hidratante de cutículas assim como o Bepantol.

O cheirinho dele é bem suave e não é incômodo.

A Nivea já lançou latinhas grandes como a minha e aquelas pequnuchas para serem levadas na bolsa. Já percebi que o creme na versão brasileira é um pouco mais líquido e espalha com maior facilidade.

Sempre bom ter a latinha azul em casa, não é mesmo? 🙂 O que vocês contam do famosos creminho?

Bacio bacio

Nathy

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *